MAGAIVER

CHEGUEI NO FUNDO DO POÇO, DEI AQUELE TIBUM

ME BANHEI NESSA ÁGUA DELICIOSA FEITA POR QUEM SÓ CHORA

 

POIS EU TO VENDENDO LENÇO AQUI NÃO TEM TEMPO RUIM

ME DERRUBA A VONTADE QUE EU LEVANTO FEITO BONECO DE POSTO

 

É TANTO AZAR SÓ DESASTRE É O QUE SE VÊ NÃO DÁ PRA ACREDITAR

A GENTE FAZ A FELICIDADE PERFURAR A BARREIRA DA VONTADE

 

DEI UMA MORDIDA NO PÃO QUE ROGÉRIO AMASSOU

UMA GOURMETIZADA, UNS TEMPEROS, VENDI NO FOODTRUCK

EU SOU QUASE UM MAGAIVER DO SÉCULO 21

SE TU NÃO ACREDITA COMPRA INGRESSO E VAI NO MEU WORKSHOP 

 

EU SINTO QUE ALGO PODIA MUDAR AGORA

OUÇO VOZES GRITANDO A ME CHAMAR LÁ FORA

VEM ARRISCAR, VEM CONQUISTAR, VEM SEM PISCAR

SOMOS A ISCA NO ANZOL DA HISTÓRIA

 

TRAGO NO PEITO O PESO DA ESCOLHA

BAGAGEM LOTADA DE TANTA MEMÓRIA

PROCURO ABRIGO NA MÃO DO PERIGO, 

ME ENCONTRO PERDIDO NO ESPAÇO E HORA

O VALOR DE TER, O VALOR DE SER

VÃO TE FAZER TROPEÇAR EM VOCÊ

NÃO ADIANTA ESCONDER

O MELHOR QUE ESTÁ EM VOCÊ

 

PORQUE A SABEDORIA DO SAMURAI 

VIVE DIVIDIDA ENTRE A GUERRA E A PAZ

A LÂMINA E O CORTE 

O AZAR E A SORTE

A FELICIDADE É VOCÊ QUEM FAZ

CONTATO PARA SHOWS |
(11) 9 6907-9929
TELEFONE:

SUPERCOMBO © 2019 por GRITAR!A